Alumiada

A vida nos inventa muito melhor.

maio 22, 2006

Mystery

ela tinha jeito de pedra.
guardava um adeus breve para toda cena de encontro. não economizava flores. beco sem saída, ela dizia, é a vida. uma relíquia. uma coisa tardia e escondida. um tesouro. entranha do mundo, ela conhecia. chamuscava a ponta dos dedos em luz de vela e desmoronava sobre tapetes como ninguém. corria riscos e esperava uma passagem de novela das oito. mas apenas morreu. ou não.

10 Comments:

  • At junho 02, 2006, Anonymous Tutti said…

    Pedra a pedra, um tesouro, Valéria. Parabéns!

     
  • At junho 02, 2006, Anonymous dira said…

    eu tb morri. ou não. te amo. amo e amo.

     
  • At junho 02, 2006, Anonymous mario cezar said…

    queria grunhir(toda umedecida). arrebentar toda castidade imposta. os seios ardiam

     
  • At junho 04, 2006, Anonymous Tutti said…

    Gosto demais desse seu trecho, mas esse "ou não." me incomoda, Valéria. Incomoda até mesmo quando estou longe daqui. Seria ele apenas o resumo do mistério, uma justificativa para o título? (Se você não se incomoda com ele, eu que 'se' me vire com ele, não? (Risos))

     
  • At junho 04, 2006, Anonymous Val responde said…

    (risos...) é que algumas vezes, é isso mesmo. nada acontece. não se morre de fato. mas vou re-olhar o texto. xá comigo. :-)

     
  • At junho 04, 2006, Anonymous Tutti said…

    Antes asim. Viver é o grande mistério. Muito obrigada por sua atenção, Valéria.

     
  • At junho 04, 2006, Anonymous Ceci said…

    Escreve com síntese, coisa difícel, querida! Desejo muita inspiração. Meu abraço

     
  • At junho 05, 2006, Anonymous leila said…

    Tantas vezes, infelizmente, não se morre de alguma morte. É sim. Fez-me também ter jeito de pedra. beijo.

     
  • At junho 06, 2006, Anonymous Dira said…

    pra mim, o OU NAO, tá perfeito.

     
  • At junho 06, 2006, Blogger Maria Cláudia said…

    Gosto desses seus contos curtos. Gosto da liberdade que eles dão para que o leitor navegue em diversos sentidos. Grande beijo pra vc! :)

     

Postar um comentário

<< Home